Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O CONDOR

O CONDOR

OLHO VESGO;TIRO FALHADO

 

                                        

      Depois de uma noite de farra e uma madrugada mal dormida, o pequenino acordou ao meio da manhã meio zonzo, mal disposto e boca a saber-lhe a papel de música.

       Há algum tempo que a abóbora que lhe nasceu na parte superior do pescoço, magica vingar-se do Maio Vermelho; se abatê-lo é difícil, insultá-lo, não é tanto assim.

        Pega na espingarda de franco-atirador, esconde-se meio dos calhaus, espera:

       - O alvo aparece, afina a mira, tira a folga ao gatilho, um lagarto sai do meio dos calhaus; trapalhão como é dispara, erra o tiro;

       - Oh minha abécula, Maio é Maio, não é Outubro; isso do Outubro és tu que tens que resolvê-lo mais a maralha a que te subordinaste. Para  esse santo nunca dei esmola embora não me seja indiferente.

        Furibundo por ter errado tiro, regressa a casa arruma a escopeta, com vontade de vomitar dirige-se para casa de banho, olha para o espelho de olhos remelados, vê um vulto e zás.

        Passarão, esperas migalhas, escroque, larápio, trapaceiro, serviste-te do partido, quanto pudeste, esqueceste que o partido rem regras, tem juízo que já tens idade para isso, se não vai bardamerda.

       Passa um pouco de água na cara, limpa os olhos à toalha e para seu espanto quem é o vulto que vê reflectido no espelho: o pai.

       O Pequenino é assim, não teve culpa, não se fez. É malcriado de nascença e por mais que o tempo passe não há volta a dar-lhe. Depois vêm as desculpas ao paizinho e, pai é pai.

       Este imbecil pensa que Maio Vermelho é seu inimigo, mas está muito enganado, para lhe provar que não seu inimigo, não quero que lhe falte nada, tenho um amigo que tem um camião cisterna de vinte cinco mil litros, vou enche-lo de matéria fecal e vou-lho pôr em casa, para que possa servir-se do seu conteúdo à fartazana às refeições diárias e convidar os amigos.

       E ainda lhe prometo mais, trazer aqui a pessoa a quem chama Zé do Cobre, e que o Pequenino pensa que escreve e edita este Blogue, para que saiba o que essa pessoa pensa de si.

         

Maio-Vermelho.

        

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub